Humanos e a magia de Elanor

A segunda raça mais velha em Val-Roren, e a mais espalhada, humanos há muito estabeleceram seu lugar no continente como portadores de habilidade mágica natos e capazes de se adaptar a qualquer situação.

Sociedade:
A sociedade de Elanor é pacífica e rural, com a produção agrícola e pecuária sendo a responsável pela maior parte do sustento de seu povo. Em Elanor-Dihn, a Draiochta também atrai estudantes de todo o continente procurando afiar seu potencial mágico.

O reino é governado pelo seu rei, na capital de Elanor-Dihn. Junto da monarquia, a nobreza de Elanor é famosa pelo seu jogo político de intrigas, alianças e traições, muitas vezes culminando em mortes suspeitas.

Fora da capital, pequenos vilarejos pontilham a paisagem, intermeados por fazendas e grandes florestas e lagos.

Embora a grande maioria da população possua potencial mágico, poucos avançam esse conhecimento, e a grande maioria passa toda a sua vida sem nem sequer perceber.

Aparência Física:
Humanos são os mais diversos em termos de aparência física, sendobaixos, altos, magros, gordos, morenos, brancos, ruivos, etc. Porém, a raça é a que possui menor tempo de vida, não ultrapassando os 120 anos de vida.

Religião e Diplomacia:
Humanos são a criação de Dorn Highhammer, a quem cultuam de forma sistemática.
O reino no momento goza de uma aliança com os Halset de Karadan, de onde tira a maior parte de seus avanços tecnológicos e econômicos.

Humanos e a magia de Elanor

Adûn alvaro_bernart