Guarda da Alvorada

Embora muitas lendas e rumores cerquem a figura de Arthur Eld, tornando difícil separar realidade da superstição, uma coisa é certa: A mais de 300 anos atrás, quando os reinos eram uma realidade distante, o cavaleiro errante juntou 11 guerreiros e guerreiras de distinção ímpar, e criou a Guarda da Alvorada, um grupo com a missão eterna de proteger o mundo de Adûn da influência demoníaca.

Guerreiros independentes de fronteiras, raças e credos, a Guarda da Alvorada permanece alerta, lutando contra as hostes infernais em todas as frentes, seja no campo de batlaha, seja na intriga palaciana ou na corrupção insidiosa. Eles recrutam apenas os melhores indivíduos em toda Val-Roren, e apenas quando um dos membros existente morre.

Porém, a cada cinco anos, a Guarda realiza o Alvorecer, um grande torneio que dá aos competidores a chance de tornarem-se Escudeiros da Alvorada, e receber treinamento e experiência ímpares.

Lendas e realidades à parte, é fato que a Guarda da Alvorada já é parte do folclore de Val-Roren, e muitos jovens sonham em um dia fazer parte dos 12 cavaleiros mais famosos do continente.

Os 12 Cavaleiros atuais são:

Carlo Bianco, a Pele do Rinoceronte

Dmitri Dmitrisson, a Fúria do Javali

Elena Karzhov, a Astúcia da Raposa

Franz Duvais, a Majestade do Cervo

Karhu, a Força do Touro

Khan, o Olho do Falcão

Leon Lowenherz, o Coração de Leão

Maria Giancci, a Sabedoria da Coruja

Ranmaru Keiji, a Honra do Cão

Shakti Aktar, a Rapidez do Leopardo

Sila, a Ferocidade do Tigre

Zhu Xifeng, a Malícia da Serpente

O ano de 250 D.G. viu a inesperada escolha de Zhu Xifeng e Ranmaru Kenji para a Guarda da Alvorada, dois estrangeiros do Oriente, a primeira vez que algo assim havia ocorrido. Embora sejam vistos com certa desconfiança pelo povo comum, seus serviços e lealdade à Guarda tem se mostrado inquestionáveis.

Guarda da Alvorada

Adûn alvaro_bernart